Agenda 2020 - Desafios e oportunidades Carga e Passageiros

As ferrovias de cargas e de passageiros são indispensáveis para a garantia do crescimento econômico sustentável do Brasil e para a melhoria da logística.

O transporte de cargas conta hoje com uma malha ferroviária de 28.876 quilômetros de extensão, por onde circulam 25% de todas as riquezas do Brasil. Somente em 2012, foram movimentadas mais de 481 milhões de toneladas de cargas como minério de ferro, commodities agrícolas, carvão, combustíveis e açúcar.

No que se refere ao transporte de passageiros sobre trilhos, o Brasil possui hoje 15 sistemas urbanos, distribuídos em 11 estados e mais o Distrito Federal, que juntos movimentam mais de 9 milhões de pessoas todos os dias.
Mas é preciso fazer mais, pois o sistema metroferroviário existente não está conseguindo absorver a demanda crescente de cargas e de passageiros. Diante dessa nova realidade, é urgente a necessidade de investimento em sua expansão.
Na parte de carga, o Programa de Investimentos em Logística (PIL), lançado em 2012, promete ampliar as ferrovias de carga em mais 11 mil quilômetros. Mas, até o momento, os projetos ainda não saíram do papel.

Por outro lado, a perspectiva para o transporte de passageiros é de que a malha dobre de tamanho nos próximos cinco anos. Já existem 24 projetos em andamento, que preveem o aumento em mais 1.136 quilômetros de extensão. Pode parecer muito, mas essa malha ainda não será suficiente para dotar nossos centros urbanos de uma mobilidade eficiente.
Além disso, para garantir a competitividade das ferrovias, o governo também precisa investir na solução de gargalos que dificultam a operação nas vias, como as invasões de faixa de domínio, os cruzamentos entre as rodovias e as ferrovias, a redução da burocracia, renovação de frota, agenda regulatória, segurança ferroviária e contornos ferroviários lastreados pelo PROSEFER.

Para debater de forma consistente e madura estes e outros assuntos que envolvem o transporte por ferrovias, a Associação Nacional dos Transportadores Ferroviários (ANTF) e a Associação Nacional dos Transportadores de Passageiros sobre Trilhos (ANPTrilhos) se unem para a realização do VI Brasil nos Trilhos, que ocorrerá nos dias 20 e 21 de agosto de 2014, para por em pauta essa realidade e debater, dentro de uma visão política, os desafios e oportunidades para o setor.
O VI Brasil nos Trilhos - Desafios e Oportunidades do Transporte Metroferroviário – Agenda 2020 será palco de importantes debates sobre o fortalecimento do transporte ferroviário de cargas e passageiros no Brasil.

A programação do evento é composta por palestras de cunho técnico e político e, historicamente, conta com uma plateia diferenciada, formada por autoridades governamentais, executivos, acadêmicos, parlamentares, fornecedores, transportadores, operadores logísticos, usuários.

A expectativa para esta edição é trazer os principais candidatos à Presidência para participarem dos debates, o que fará do evento uma oportunidade única para a reflexão sobre o setor, além da elaboração de um documento com os desafios do setor metroferroviário – visão 2020.

No jantar de abertura do evento, momento em que é feita a entrega do Prêmio de Jornalismo, convidaremos um candidato à presidência da República para palestrar sobre o futuro do sistema metroferroviário no Brasil.
Nesse sentido, contamos com o apoio das empresas e entidades do setor para que participem do referido evento, mostrando a união e a força desse setor tão importante para a mobilidade e logística brasileira.


INSCREVA-SE E PARTICIPE

A programação do evento é composta por palestras de cunho técnico e político e, historicamente, conta com uma plateia diferenciada, formada por autoridades governamentais, executivos, acadêmicos, parlamentares, fornecedores, transportadores, operadores logísticos, usuários.

Reserve seu lugar nessa viagem rumo ao futuro, garantindo desde já sua presença VI Brasil nos Trilhos